quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Um Vôo por 1000 Ilhas!



Olá amigos,tudo bem com vcs?
Por aqui tudo tranquilo,verão meio chuvoso esse ano,mas tudo na paz!

Vim contar sobre uma pequena viagem que fizemos por 4 dias para conhecermos novas terras canadenses.
Marido tirou dois dias de férias e emendamos ao final de semana.
Escolhemos ir conhecer finalmente Toronto e ter nossa própria opinião daquela cidade que muitos comparam a São Paulo.

Eu gosto muito de traçar roteiros com bastante antecedência,ver um bom restaurante na região que pretendemos ir,parques,museus,como funciona o transporte público para o caso de querermos deixar o carro e sair descobrindo as coisas.
Como o que pesquisei me levou a decidirmos que estávamos a fim de conhecer apenas o centro comercial e de negócios de Toronto, aproveitamos o bom tempo para fazer um belo passeio pelo arquipélago de 1000 Islands e escolhemos a cidade de Gananoque para isso.

Saímos de casa numa quinta-feira pela manhã  e logo no início da tarde já estávamos chegando nesta simpática e pequena cidade de onde saem as embarcações com o destino das ilhas. Foram umas 2 horas e meia de viagem.
Como ao sairmos de casa ainda não tínhamos certeza de que o tempo iria estar realmente bom,não fizemos reservas em hotéis.
Arriscamos e quase nos demos MUITO mal,digo muito pois MÉDIO mal nos demos sim!!

 Até tinham vagas,mas a questão era o preço abusivo e fora de nosso orçamento nos hotéis decentes e qdo achávamos um dentro do que pretendíamos pagar,era um horror!
Para dar uma idéia,estabelecemos um limite de até $can 120, para três pessoas e nem precisava ter café incluso pq levamos nossa geladeirinha térmica carregada de frutas,suco e leite. (Sempre fazemos esse esquema qdo viajamos de carro para evitar comer porcarias e reduzir as despesas).
O problema era que os hotéis limpos,sem cheiro de mofo(marido bem alérgico), com toalhas inteiras (onde ficamos estavam bem puídas infelizmente),estavam todos acima de $can150, .
 Pensa bem, se vc vai chegar no início da diária e no dia seguinte ficar até o final dela,com café da manhã,até vale a pena. Mas se vc entra as 19:00hs e vai sair as 09:30 do dia seguinte para fazer o passeio de barco das 10:30 hs, já acho caro demais!

Então acabamos por nos conformarmos em ficar num hotel da rede Quality Inn onde justo o quesito qualidade deixou muito a desejar.
Pagamos $can110, e tinha um café da manhã muito do fraquinho sem falar na decoração esdrúxula do salão com um mergulhador com direito a escafandro pendurado no teto.
Medonho gente!! Não tirei foto pq não levei o celular para o café.

Bom, mas voltando a cidade, ao chegarmos de estrada descobrimos um restaurante bem agradável e pedimos o prato do dia que era bife com fritas por apenas $can 5,99! Muito bom por sinal.
Garçonete muito simpática assim como todos que encontramos pelas ruas.
Aquele foi nosso almoço e também o jantar.
De sobremesa chutamos o pau da barraca e fomos a DQ, pra quem não conhece é uma rede de  sorveterias maravilhosa do Canada e Estados Unidos.

Pesquisamos sobre os tipos de passeios que faziam pelo arquipélago e escolhemos um de 2 horas e meia pois esse iria até a ilha onde tem um lindo castelo e o outro passeio acabava bem antes,com apenas uma hora de duração.
Compramos os bilhetes para a manhã seguinte e visitamos uma lojinha de souvenirs como de costume.

Enfim fomos para o hotel descansar.

2º dia de viagem/passeio:

Acordamos,tentei tomar uma ducha para sair fresquinha e com minhas penugens esvoaçando no barco e foi aí que tive a doce surpresa de que o boiler havia quebrado(justamente na minha vez) e tive que enfiar a juba na agua fria mesmo  brrrrrr que raiva que me deu naquele momento,deveria ter me deixado ser extorquida no hotel de 150, ou no de 180,!!
Mas tudo bem, uma patinha não se deixa vencer assim facilmente e estávamos lá para curtir e ser feliz!
Encaramos o café ''meia boca'' ,fechamos a conta e recebemos um singelo desconto de 10∞ pelo banho revigorante e gélido que tive que tomar e fomos saltitantes para nosso passeio de barco tão esperado!

Enfim chegamos ao mini porto e embarcamos!
Confesso que sentí um friozinho na barriga pois a ultima vez que havia andado num barco desses carregado de gente,foi lá nas barcas para fazer a travessia Rio-Niterói há mais de 15 anos pelos meus cálculos. Mas logo a sensação ruim foi sendo substituída pelo prazer de estar alí,no terraço do barco, debaixo de um sol forte e com um céu e paisagens deslumbrantes em torno de nós.
Imaginem um lugar lindo,calmo,quente sem sentir calor e cercado de pessoas educadas e gentis. Pois é, era esse o ambiente em que nos encontrávamos naquele momento.
O passeio é todo guiado em frances e ingles e nos contam a história de alguns ''causos'' interessantes acontecidos nas ilhas.

                                Minhas penugens ao vento!!


Gostamos muito ao ponto de pretendermos repetir a viagem futuramente mas indo pelo lado americano para descermos na ilha do Castelo Boldt e fazermos um picnic nos jardins do castelo da mesma forma que vimos outros turistas fazendo.
Esse passeio nos custou $can 100, (3 bilhetes) e dá direito ao estacionamento em frente ao local de embarque.

As 13:00hs estávamos de volta a Gananoque e decidimos voltar ao restaurante do dia anterior,mas dessa vez pedimos uma pizza grande e dividimos entre nós três. Foram dois pedaços deliciosos de uma pizza recomendada por todos da pequena cidade. Eles quase entraram para o livro de recordes no passado por terem feito uma pizza gigantesca,rsrsrs...

No incio da tarde estávamos de volta a estrada novamente,agora a caminho de Hamilton,uma cidade a uns 50 minutos de Toronto.
Ia me esquecendo de contar que quase nano encontramos vaga em noteis em Toronto nem nessas cidades próximas por conta de um feriado local que me escapou. Resultado: achei um bem bacana,novinho ainda com faixa avisando que estavam funcionando,porem mais distante do que pretendíamos.
Esse a diária já foi bem mais salgadinha,($can189,) porém tudo era de 1ª, mesmo para uma patinha exigente como eu!

Chegamos lá depois de termos feito umas comprinhas num mercado da cidade para mantermos nossa dieta e economia equilibrados.
O hotel tinha uma cozinha completamente equipada,quarto separado da sala , o que nos deu um pouco de privacidade e um banheiro lindo com direito a banho quente de verdade e muita agua (merecia um belo banho depois de ter sido quase congelada no outro estabelecimento!!).

Desfizemos o acampamento(malas e geladeirinha,compras de mercado) ,colocamos trajes de banho e fomos relaxar na piscina aquecida e fechada do hotel.
 Coisa boa poder nadar,esticar as pernas,rir(fizemos tanta palhaçada lá e de frente para as cameras internas que qdo saimos as recepcionistas estavam em silencio nos observando com um ar de ''que povo mais doido será esse gente? ) Hahahahahaha... foi bom demais aquele momento.

3º dia :
Acordamos, descemos e tomamos um belo café da manhã, com tudo que temos direito e um pouco mais!
Nos arrumamos e pegamos estrada rumo Toronto finalmente.
Chegamos lá pegamos um engarrafamento ''interessante'' por assim dizer e apreciamos o jeito do povo,o Street Train, fomos a um bairro português, demos umas voltas a pé, padaria ,comprei um sonho, encontramos uma lojinha bem forreca e bem mais cara do que o que temos aquí em Montreal e Boston e só consegui salvar uma caixinha de tempero knorr sabor bacon pra por no feijão.

Seguimos pelo GPS para o centro mas no caminho passamos por um bairro latino bem animado,muita gente nas ruas, verdadeiras multidões do tipo que ja estacamos desacostumados.

Quando chegamos ao centro (moderno) ficamos impressionados com tanta beleza, prédios altos, envidraçados, bem bonitos mesmo. Tudo muito diferente de nossa cidade glamourosa,porém com construções mais antigas.

Gente pra todos os lados!! Uau, eu parecia uma pata do campo naquele lugar, encantada, quase deslumbrada com tantas informações, hehehehe...
 Estacionamos o carro no Centre Eaton de lá e fomos ver umas vitrines. Que escandalo de bonito aquele shopping! Não dá pra pensar em comparar com o nosso Centre Eaton.

Resolvemos andar pelas calçadas e entramos numa loja de cds,livros... meu marido ama.
Era muita gente, muitos policiais, uma bagunça controlada,por assim dizer.
Nos lembrou a Time Square por alguns instantes.
Havia um show com musicas evangélicas num local que não guardei o nome e muita gente ali assistindo animadamente.

Bom, meio da tarde e já estávamos com fome e como havíamos feito reserva numa super - mega -  incrível churrascaria  brasileira,seguimos para nosso destino alegremente.

O almoço/jantar inesquecivel na melhor churrascaria que já fomos até hoje foi na Touro que fica lá proximo de Toronto.
Tudo estava perfeito, atendimento, simpatia, ambiente luxuoso,carnes maravilhosas, acompanhamentos ídem .
 Parecia que estávamos numa boate e não numa churrascaria de tantas luzes e brilhos!
Era aniversario do meu amor e trouxeram aquele docinho tipo  mousse  com um foguinho faiscante decorando! Tudo lindo e maravilhoso. Foi sem dúvida o ponto mais alto de Toronto para nós.

Depois de nos fartarmos,pegamos estrada de volta para nosso confortável hotel e capotamos felizes até chegar a noite.
 Valor do jantar: $can 50, por pessoa.

4º  e ultimo dia:
 Praticamente foi de estrada de volta (umas 6 horas) mas com uma paradinha no mercado perto do hotel para reabastecer a geladeirinha com frutas.
Achamos os preços melhores por lá do que aqui. Pode ter sido somente naquele mercado,não sei ao certo.
A volta é longa, sempre cansativa,mas como dormimos muito bem a ultima noite, viemos bem e tranquilos curtindo as paisagens da estrada até chegarmos em casa a noite.



Seguem as fotos mais legais que tiramos:



Chegando na região do arquipélago de 1000 Islands





                                          





                                                      

                                           









  

 


O prato do dia:



                                                 A pizza do 2º dia no mesmo restaurante






A qualidade das toalhas e do estofamento do Quality Inn de Gananoque







O passeio de barco:  





























                                                                        Toronto:
















                                                       


A churrascaria :
 



 
  


 
    



O hotel em Hamilton,com direito até a patinho na fachada para nos receber de forma personalizada,hahahahaha...



O caminho de volta com o sol ao nosso lado se pondo:










Bom, espero que tenham curtido nosso passeio e tenham viajado um pouquinho junto enquanto liam. 

Até o próximo vôo!!